Leis de namoro

Os anéis de namoro, joias delicadas, elegantes e românticas, se tornaram tendência no pedido e no mix de acessórios. Também são uma ótima opção para complementar a beleza das alianças de namoro, transformando momentos e histórias de amor! 20 Produtos encontrados. O Contrato de namoro e sua validade jurídica. Com o advento da lei 9.278/96, que reconheceu como entidade familiar a convivência, pública e contínua, de um homem e uma mulher, estabelecida com objetivo de constituição de família, retirando o tempo de convivência para a sua configuração, surgiu uma nova modalidade de contrato: o ... A cada dia as leis e interpretações ficam mais estranhas. Agora está meio que na moda se pedir a indenização pelo rompimento do namoro. Relações, não tão sérias, mas um pouco mais duradouras não raramente estão tendo um momento posterior ao seu término: as cadeiras do Judiciário. Indagar. Sim, tenho saudades. Sim, acuso-te porque fizestes o não previsto nas leis da amizade e da natureza nem nos deixastes sequer o direito... Contrato de namoro. Você já ouviu falar de algo semelhante? O fato é que pouquíssimas pessoas conhecem esse documento, mas já é uma realidade no Brasil. De acordo com informações do portal de notícias da TV Globo, o G1, cerca de 20 documentos nos moldes de um contrato de namoro foram assinados no território nacional em 2018. Mulheres brasileiras enganadas por muçulmanos através de “namoro pela internet” veja o relato: Tatiane Fernandes, de 29 anos, acabou de chegar do Egito graças a uma passagem que a Embaixada brasileira no Cairo precisou pagar para tirá-la do país. Após sete meses tentando namorar “em paz” com um egípcio que conheceu na Internet ... O principal fator de saúde. Quem se deita cedo e se levanta cedo, e, portanto, o cara está ausente. (Esta é uma tradução feita pelo famoso provérbio Inglês, 'cedo para a cama, acordar cedo faz um homem saudável, rico e sábio' Em russo falado por quase o mesmo :. 'O pássaro madrugador pega a minhoca alimenta'.) anúncios As leis de Deus e da Igreja são exigentes e determinam o nosso comportamento. Será impossível vivê-las se o outro não os aceita. ... O namoro é o tempo de conhecer o outro. Mais por dentro do que por fora. E para conhecer o outro é preciso que ele “se revele”, se mostre. A recíproca é verdadeira. NAMORO. Discute-se, em conflito de competência, se o disposto na Lei n. 11.340/2006 (Lei Maria da Penha) é aplicável às relações entre namorados. Para a Min. Relatora, como o art. 5º da citada lei dispõe que a “violência doméstica” abrange qualquer relação íntima de afeto e dispensa a coabitação, cada demanda deve ter uma ...

Garotas mais novas estão se atraindo por mim

2020.09.11 18:39 Enscie Garotas mais novas estão se atraindo por mim

Opa pessoal, eu tenho 24 anos, mas não aparento... Não sou virgem e tal...
Ultimamente tenho notado que garotas mais novas no meu bairro, entre 14 e 18(apenas uma) tem se atraído por mim... (Vejo olhares, os moles, abertura para conversa, ai pergunto idade e vaso... kkk)
Mas eu me sinto desconfortável com moças mais novas, sei que após 16 pode rolar namoro se os pais permitir e sexo se ela consentir... Mas me senti quebrando uma lei ou violando a menina se for menor, sendo sincero me sinto melhor se tem mais de 21, fico mais tranquilo. Mas talvez oq sempre me relacionei com gente mais velha, minha Ex 26, e antes dela mulheres de 27, 38 e 40 anos.. E não sei se namorar uma jovem de 16 ou 17 seria legal mano... E nem sei os gostos e tal.. me sinto perdido... o que vcs podem dizer sobre isso?
Eu quero namoro sério, fidelidade e querer estar comprometido com o crescimento mutuo...
submitted by Enscie to desabafos [link] [comments]


2020.07.31 01:33 Felicity4Now O mundo dá voltas, meu amigo

Oi queridos, tudo bom com vcs? Essa é minha primeira vez no reddit, mas fiz o login mais pra desabafar essa história que está pesando demais pra mim. Postei essa história em outra pagina, mas vou postar nessa tbm. Quem não gosta de histórias deprimentes e longas, pule esse post.
Tudo começou faz 2 anos, em 2018, qdo eu fui para o oitavo ano e resolvi me mudar de colégio pq eu não me dava bem com os colegas da escola anterior (quer dizer, sempre fui meio excluída em todas as escolas que estudei mas enfim). Para a minha surpresa, o pessoal desse colégio aparentemente tinha me aceitado e fiquei mto feliz, finalmente tinha me sentido incluída na escola, deu até um alívio. Mas bem, a história não eh exatamente sobre isso, é sobre oq eu vivi com um amigo meu, vamos chamá-lo de Clóvis. Nunca tinha tido amigos piá, mas nesse ano foi diferente, me dei melhor com os piá do q com as guria. E para a minha surpresa, Clóvis foi, e sempre será, meu melhor amigo, por mais q ele tenha até me esquecido.
A primeira vez q vi Clóvis, ele já me atraiu, sim gente, comecei a ter um crush nele, mas eu ignorei, achei q era coisa da minha cabeça. Enfim, no início, Clóvis era uma pessoa super legal, extrovertida, gente boa, zuera, e foda kkkk. Mas... dps eu descobri q ele tinha depressao, hj eu entendo q a maior parte das pessoas q riem dms são as mais tristes por dentro... sei pq isso aconteceu cmg tbm, mas vou deixar isso pro fim. Por conta da depressao, tentei ajudar Clóvis de todas as maneiras possiveis, dava conselho, brincava com ele, tentava animar ele, mas ele sempre tentava se matar, sem sucesso graças a Deus. Mas isso fez com q meus sentimentos ficassem confusos, pq eu n queria, tipo, namorar alguem baixo astral, já q eu era tbm. Eu sei exatamente oq vcs estão pensando agora, sou uma ignorante msm, eu concordo, n precisam ficar jogando na minha cara pq eu já sei blz?
Enfim, como eu tava mto confusa, acabei me enganando e achei q estava gostando de um amigo dele (vamos chamá-lo de Roberto). Roberto era um cara foda tbm, gente finíssima, alegre e tals, até q ele me pediu em namoro no mês de Maio, mas eu recusei. Dps, Clóvis me pediu em namoro, e eu recusei tbm, n queria arranjar encrenca entre os 2. Mas, no final do mês de Agosto do msm ano, começou a merda. Eu n me lembro mto bem o motivo, porem briguei feio com Clóvis e comecei a namorar o Roberto. SIM, oq eu n queria aconteceu, treta total meus amigos. Vcs devem estar pensando: “mds q BURRA”, pse, eu tbm penso isso de mim tá? Mas n dá pra eu voltar no tempo.
Assim, o namoro q eu tive com o Roberto foi meio q uma amizade colorida (pra vcs terem uma ideia, se beijamos apenas 2 vezes em 8 meses ksks). Na fase auge do namoro, entre Agosto e Outubro, Clóvis continuava brigado cmg, até pq dava pra ver q ele tava super puto cmg por n ter sido aceito, se sentiu trocado e humilhado (tá gente, eu tava confusa, n taquem pedra em mim pq eu já taquei um monte já, pfv). Mas dai no final de Outubro a gente conseguiu fazer as pazes e continuamos bons amigos, junto cmg namorando o Roberto.
Outro ano se passou e todos continuamos estudando na msm escola, ou seja, continuou essa msm confusao, msm com tudo resolvido. Até que, no final de março de 2019, terminei com Roberto, pq ele tinha sido mto imaturo cmg e eu n permiti mais isso, e percebi q n fazia sentido eu ter namorado ele, até pq eu descobri mta coisa ruim dele tbm, mas n vamos entrar em detalhes (caso queiram saber, eu continuo amiga de Roberto hj em dia, pq odeio guardar mágoas das pessoas, ou eh pq sou mto trouxa, enfim).
E dps disso, Clóvis ataca novamente. Ele começou a me paquerar, quer dizer, ele nunca parou, mas foi mais forte dessa vez, e a gente foi contruindo uma relacao ao longo do ano, uma relacao mto, mas mto forte. Continuávamos bons amigos, mas a gente era REALMENTE melhores amigos mais aquele lance de paquera, até pq descobri q nunca tinha parado de gostar dele. (ss, Roberto aparentemente levou um chifre discreto, mas n vamos entrar em detalhes).
Continuando, eu infelizmente tive q mudar de colegio, por conta dos professores, q por mais q eu tirasse nota 10 nas provas eles me humilhavam junto com todo mundo, e por conta das minhas amigas, q andavam me excluindo do grupo delas. Mas minha amizade com o Clóvis foi longe dms, eu acabei dando mto em cima dele sem nem perceber direito e ele se iludiu cmg. No final do mês de Novembro, ele me pediu em namoro.... e advinha oq eu falei? NÃO Serio gente, eu disse não. Ai ai, nem eu creio, mas vamos continuar. Eu disse não por vários motivos, entre eles: 1- Não podia namorar, principalmente pq meus pais n deixam e meio q peguei trauma da historia com o Roberto (chorava todo dia pq odeio mentir, me fez mto mal); 2- Tinha medo q ele se revelasse pra mim e me magoasse, até pq ele eh super negativo e enfim; 3- medo de aceitacao da familia dele; 4- paranóias; 5- medo de começar o namoro e dps ele me largasse; 6- trauma do Roberto; 7- Ficar com depressao por conta do namoro, até pq eu fico mal vendo ele mal; 8- me arrepender.
Tá, podem parecer motivos absurdamente imaturos, mas se coloque no meu lugar, eu sou imatura gente, dclp.
Logo, Clóvis ficou de mal cmg por uma semana, n soube como aceitar aquilo. Mas dai, ele aplicou o golpe baixo dps, o mar diminuiu e dps veio o tsunami, se eh q vcs me entendem.
Ele resolveu q queria ser meu amigo dnv dps de uma semana brigado cmg. Eu achei estranho, mas aceitei ele de braços abertos, ate pq odeio guardar rancor, como disse anteriormente. Mas... ele nunca mais foi o msm, ele ficou mto estranho cmg a partir dai. Ele começou a me sacanear, a zoar dms cmg, mas achei q era coisa da minha cabeça e entao deixei neh.
Até q, no inicio de Março de 2020, era meu aniversario, e Clóvis sabe q eu amo comemorar nesse dia pq adoro festas. Entao, ele simplesmente me bloqueou. Eu n entendendo nada, fui falar com o irmao dele perguntando se tinha acontecido alguma coisa com o Clóvis, e ele me falou q Clóvis estava bravo cmg por conta do q eu fiz. Como já tinha se passado meses, eu achei q ele tinha já superado tudo isso, mas n.
Bem gente, foi ai q veio o tiro. Dps de horas sem me responder, ele me vem me desejando feliz aniversario, me chamando de corna tbm (ele tinha esse costume de me chamar assim por conta do Roberto). Mas eu n curtia mto isso, na maioria das vezes ignorava. Eu fiquei tao triste com aquilo, pq poxa, eu achei q tinha acontecido alguma coisa seria com ele ou q ele tava com raiva de mim, entao, bloqueei ele e fiquei sem falar com ele ate o final do mês. Mas já n aguentava mais, eu amava aquele cara (por mais q eu tenha feito mta coisa ruim). Perguntei pro irmao dele se estava tudo bem com Clóvis, e ele disse q ss.
Logo, me vem uma amiga dele me mandando direct pelo Insta e me falando q ele queria falar cmg. Pensei bem, e como n gosto de guardar rancor, desbloqueei ele. Se eu pudesse voltar no tempo, n teria feito isso de jeito nenhum gente, pq oq aconteceu dps parte meu coracao ate hj.
Conversei com ele e ele falou tudo oq eu queria ouvir, q sentia mto e q ele havia agido com mta imaturidade, disse q eu tava confusa com meus sentimentos e q ele devia ter me entendido antes. Ai gente, eu tinha ficado tao, mas tao orgulhosa dele! Qdo ele falou tudo aquilo, eu senti um alivio, até pq eu n precisava mais sentir aquela pontada de culpa q eu sentia todo dia. Q nada gente, o pior foi dps...
Uma semana se passou, e ele me bloqueou, sem deixar rastros. Fui perguntar pra amiga dele pq q ele tinha feito aquilo, e ela jogou um balde de agua fria em mim. Disse q eu n entendia nada e q eu tinha colaborado pra depressao dele, q eu só fiz mal pra ele e q eu devia me sentir arrependida diante disso. Eu como qualquer ser humano, tentei me defender na hora, tentando achar razao em mim, mas dps de uns meses percebi q realmente, eu sou uma monstra.
Pedi pra ele me desbloquear pra gente conversar, e foi uma burrice. Ele falou q eu tinha arruinado grande parte da vida dele e q eu q joguei ele no inferno q a vida dele eh, e mto mais coisas ruins q vcs n precisam saber.
Eu me senti acabada, principalmente pq a gente tava tao bem e eu achei q a gente ia conseguir seguir em frente sabe? Eu tinha esperança daquela amizade maravilhosa continuar com tudo. Achei q a gente ia festejar mais festas juninas, zoar, sair pros rolê, se divertir, cheirar pó de giz (KKKKK), entre outras coisas aleatorias. Sabe, eu amava mto ele, mas dps disso tudo oq eu fiz, era de se esperar q ele ia me dar esse tiro.
No inicio, eu tentei me esquecer dele, xingar ele, pensar coisas ruins sobre ele, tentar botar a culpa nele. Achei q em umas semaninhas ele ia voltar pra mim, mas n, ele sumiu...
Ate q, com esse sumiço, comecei a me dar conta do q q eu realmente fiz. Como pude ser tao cruel? Só pensar nos meus sentimentos e n nos dos outros? Como q eu consegui agir achando q era certo qdo na vdd era errado? Gente, eu comecei a me sentir, tao, mas TAO culpada, q a culpa até dói.
Eu sei q vcs devem ta pensando: “Ta, fez e recebeu, eh lei do retorno, lei da acao e reacao”. Mas gente, eu tava tentando ser feliz uma vez na vida, tava tentando ser aceita, e isso nunca tinha acontecido cmg e me confundi dms. Achei q tava fazendo o melhor qdo na vdd eu n deveria ter namorado ninguem isso sim. Mas eu n posso voltar no tempo...
Enfim, abril e maio se passaram, e eu comecei a manifestar sintomas de depressao, por conta das coisas da escola, por conta da cobrança, e principalmente, por conta dessa situacao, pq comecei a sentir mta culpa msm. Fiquei doente do estômago por conta de tudo isso e ainda to meio mal, n consigo comer como antes tbm. Tentei falar com Clóvis umas dezenas de vezes, mas msm assim n tinha papo.
Até q junho começa e me chega uma solicitacao no direct do Insta, era uma menina (vamos chamar ela de Folks), me pedindo dicas pra gravar videos, ate pq eu posto mto video no Insta pra ver se eu me esqueço de tudo isso. Comecei a conversar bastante com ela, principalmente pq ela eh incrivelmente incrivel. Ate q um dia eu tava bem bad e falei sobre todos os meus problemas com ela, e ela me disse... q ela era amiga do Clóvis.
Na vdd sempre desconfiei q ela era amiga dele, por conta de varios motivos, mas n vou ser especifica. Mas n deixou com q eu n ficasse em choque com Folks. Desde entao, ela tem tentado me ajudar a superar isso, conseguiu convencer Clóvis a falar cmg e enfim.
As conversas q eu tive com Clóvis, mais pioraram do q ajudaram, até pq ele dizia q me perdoava, mas q n conseguia nem falar cmg e nem voltar a ser meu amigo. Eu entendo ele pq nem eu to aguentando mais a minha presença. Mas, isso n deixou de doer em mim... E qdo ele me disse q tinha conseguido me esquecer e conseguiu me trocar pela Folks, foi a gota d’água...
Sabe, eu n sabia q eu podia ser trocada como um objeto, achava q era coisa da minha cabeça. Mas ele me trocou, e pela Folks ainda, q eu considerava e considero uma grande amiga...
Ah, o pior n foi isso q ele me falou. O pior foi qdo ele me disse q no inicio da nossa amizade, ele tinha intencoes ruins cmg... não, n eh relacionado a sexo ou coisa do tipo, eh coisa mais sombria. Eu n sei bem falar oq eh pq ele n foi mto especifico, mas isso me doeu tanto, pq eu sempre desejei o bem dele, por mais q eu tenha feito mta besteira com ele...
Entao gente, se eu n tivesse feito tudo isso, será q ele teria feito alguma coisa cmg? Eu sou a culpada ou ele? Nós 2 somos culpados? Eu devo me humilhar pro resto da vida? Ele q tem q se humilhar? Oq q eu devo fazer agora? Essas são duvidas q eu tenho, quem puder esclarecer ou tentar compreender a minha situacao, pfv me ajude. Oq vc faria no meu lugar? Se vc faria a msm coisa q eu, oq faria pra consertar?
Bom, eh essa a minha historia, q ninguem sabe o final... Dclp se foi uma historia mto deprê, mas eh q eu tinha q desabafar em algum lugar, serio msm.
submitted by Felicity4Now to desabafos [link] [comments]


2020.07.29 22:24 Felicity4Now O mundo dá voltas, meu amigo

Olá Luba, editores, papelões mortos e possível convidado que está a ver. Essa é minha primeira vez no reddit, mas fiz o login mais pra desabafar essa história que está pesando demais pra mim. Quem não gosta de histórias deprimentes e longas, pule esse post.
Tudo começou faz 2 anos, em 2018, qdo eu fui para o oitavo ano e resolvi me mudar de colégio pq eu não me dava bem com os colegas da escola anterior (quer dizer, sempre fui meio excluída em todas as escolas que estudei mas enfim). Para a minha surpresa, o pessoal desse colégio aparentemente tinha me aceitado e fiquei mto feliz, finalmente tinha me sentido incluída na escola, deu até um alívio. Mas bem, a história não eh exatamente sobre isso, é sobre oq eu vivi com um amigo meu, vamos chamá-lo de Clóvis. Nunca tinha tido amigos piá, mas nesse ano foi diferente, me dei melhor com os piá do q com as guria. E para a minha surpresa, Clóvis foi, e sempre será, meu melhor amigo, por mais q ele tenha até me esquecido.
A primeira vez q vi Clóvis, ele já me atraiu, sim gente, comecei a ter um crush nele, mas eu ignorei, achei q era coisa da minha cabeça. Enfim, no início, Clóvis era uma pessoa super legal, extrovertida, gente boa, zuera, e foda kkkk. Mas... dps eu descobri q ele tinha depressao, hj eu entendo q a maior parte das pessoas q riem dms são as mais tristes por dentro... sei pq isso aconteceu cmg tbm, mas vou deixar isso pro fim. Por conta da depressao, tentei ajudar Clóvis de todas as maneiras possiveis, dava conselho, brincava com ele, tentava animar ele, mas ele sempre tentava se matar, sem sucesso graças a Deus. Mas isso fez com q meus sentimentos ficassem confusos, pq eu n queria, tipo, namorar alguem baixo astral, já q eu era tbm. Eu sei exatamente oq vcs estão pensando agora, sou uma ignorante msm, eu concordo, n precisam ficar jogando na minha cara pq eu já sei blz?
Enfim, como eu tava mto confusa, acabei me enganando e achei q estava gostando de um amigo dele (vamos chamá-lo de Roberto). Roberto era um cara foda tbm, gente finíssima, alegre e tals, até q ele me pediu em namoro no mês de Maio, mas eu recusei. Dps, Clóvis me pediu em namoro, e eu recusei tbm, n queria arranjar encrenca entre os 2. Mas, no final do mês de Agosto do msm ano, começou a merda. Eu n me lembro mto bem o motivo, porem briguei feio com Clóvis e comecei a namorar o Roberto. SIM, oq eu n queria aconteceu, treta total meus amigos. Vcs devem estar pensando: “mds q BURRA”, pse, eu tbm penso isso de mim tá? Mas n dá pra eu voltar no tempo.
Assim, o namoro q eu tive com o Roberto foi meio q uma amizade colorida (pra vcs terem uma ideia, se beijamos apenas 2 vezes em 8 meses ksks). Na fase auge do namoro, entre Agosto e Outubro, Clóvis continuava brigado cmg, até pq dava pra ver q ele tava super puto cmg por n ter sido aceito, se sentiu trocado e humilhado (tá gente, eu tava confusa, n taquem pedra em mim pq eu já taquei um monte já, pfv). Mas dai no final de Outubro a gente conseguiu fazer as pazes e continuamos bons amigos, junto cmg namorando o Roberto.
Outro ano se passou e todos continuamos estudando na msm escola, ou seja, continuou essa msm confusao, msm com tudo resolvido. Até que, no final de março de 2019, terminei com Roberto, pq ele tinha sido mto imaturo cmg e eu n permiti mais isso, e percebi q n fazia sentido eu ter namorado ele, até pq eu descobri mta coisa ruim dele tbm, mas n vamos entrar em detalhes (caso queiram saber, eu continuo amiga de Roberto hj em dia, pq odeio guardar mágoas das pessoas, ou eh pq sou mto trouxa, enfim).
E dps disso, Clóvis ataca novamente. Ele começou a me paquerar, quer dizer, ele nunca parou, mas foi mais forte dessa vez, e a gente foi contruindo uma relacao ao longo do ano, uma relacao mto, mas mto forte. Continuávamos bons amigos, mas a gente era REALMENTE melhores amigos mais aquele lance de paquera, até pq descobri q nunca tinha parado de gostar dele. (ss, Roberto aparentemente levou um chifre discreto, mas n vamos entrar em detalhes).
Continuando, eu infelizmente tive q mudar de colegio, por conta dos professores, q por mais q eu tirasse nota 10 nas provas eles me humilhavam junto com todo mundo, e por conta das minhas amigas, q andavam me excluindo do grupo delas. Mas minha amizade com o Clóvis foi longe dms, eu acabei dando mto em cima dele sem nem perceber direito e ele se iludiu cmg. No final do mês de Novembro, ele me pediu em namoro.... e advinha oq eu falei? NÃO Serio gente, eu disse não. Ai ai, nem eu creio, mas vamos continuar. Eu disse não por vários motivos, entre eles: 1- Não podia namorar, principalmente pq meus pais n deixam e meio q peguei trauma da historia com o Roberto (chorava todo dia pq odeio mentir, me fez mto mal); 2- Tinha medo q ele se revelasse pra mim e me magoasse, até pq ele eh super negativo e enfim; 3- medo de aceitacao da familia dele; 4- paranóias; 5- medo de começar o namoro e dps ele me largasse; 6- trauma do Roberto; 7- Ficar com depressao por conta do namoro, até pq eu fico mal vendo ele mal; 8- me arrepender.
Tá, podem parecer motivos absurdamente imaturos, mas se coloque no meu lugar, eu sou imatura gente, dclp.
Logo, Clóvis ficou de mal cmg por uma semana, n soube como aceitar aquilo. Mas dai, ele aplicou o golpe baixo dps, o mar diminuiu e dps veio o tsunami, se eh q vcs me entendem.
Ele resolveu q queria ser meu amigo dnv dps de uma semana brigado cmg. Eu achei estranho, mas aceitei ele de braços abertos, ate pq odeio guardar rancor, como disse anteriormente. Mas... ele nunca mais foi o msm, ele ficou mto estranho cmg a partir dai. Ele começou a me sacanear, a zoar dms cmg, mas achei q era coisa da minha cabeça e entao deixei neh.
Até q, no inicio de Março de 2020, era meu aniversario, e Clóvis sabe q eu amo comemorar nesse dia pq adoro festas. Entao, ele simplesmente me bloqueou. Eu n entendendo nada, fui falar com o irmao dele perguntando se tinha acontecido alguma coisa com o Clóvis, e ele me falou q Clóvis estava bravo cmg por conta do q eu fiz. Como já tinha se passado meses, eu achei q ele tinha já superado tudo isso, mas n.
Bem gente, foi ai q veio o tiro. Dps de horas sem me responder, ele me vem me desejando feliz aniversario, me chamando de corna tbm (ele tinha esse costume de me chamar assim por conta do Roberto). Mas eu n curtia mto isso, na maioria das vezes ignorava. Eu fiquei tao triste com aquilo, pq poxa, eu achei q tinha acontecido alguma coisa seria com ele ou q ele tava com raiva de mim, entao, bloqueei ele e fiquei sem falar com ele ate o final do mês. Mas já n aguentava mais, eu amava aquele cara (por mais q eu tenha feito mta coisa ruim). Perguntei pro irmao dele se estava tudo bem com Clóvis, e ele disse q ss.
Logo, me vem uma amiga dele me mandando direct pelo Insta e me falando q ele queria falar cmg. Pensei bem, e como n gosto de guardar rancor, desbloqueei ele. Se eu pudesse voltar no tempo, n teria feito isso de jeito nenhum gente, pq oq aconteceu dps parte meu coracao ate hj.
Conversei com ele e ele falou tudo oq eu queria ouvir, q sentia mto e q ele havia agido com mta imaturidade, disse q eu tava confusa com meus sentimentos e q ele devia ter me entendido antes. Ai gente, eu tinha ficado tao, mas tao orgulhosa dele! Qdo ele falou tudo aquilo, eu senti um alivio, até pq eu n precisava mais sentir aquela pontada de culpa q eu sentia todo dia. Q nada gente, o pior foi dps...
Uma semana se passou, e ele me bloqueou, sem deixar rastros. Fui perguntar pra amiga dele pq q ele tinha feito aquilo, e ela jogou um balde de agua fria em mim. Disse q eu n entendia nada e q eu tinha colaborado pra depressao dele, q eu só fiz mal pra ele e q eu devia me sentir arrependida diante disso. Eu como qualquer ser humano, tentei me defender na hora, tentando achar razao em mim, mas dps de uns meses percebi q realmente, eu sou uma monstra.
Pedi pra ele me desbloquear pra gente conversar, e foi uma burrice. Ele falou q eu tinha arruinado grande parte da vida dele e q eu q joguei ele no inferno q a vida dele eh, e mto mais coisas ruins q vcs n precisam saber.
Eu me senti acabada, principalmente pq a gente tava tao bem e eu achei q a gente ia conseguir seguir em frente sabe? Eu tinha esperança daquela amizade maravilhosa continuar com tudo. Achei q a gente ia festejar mais festas juninas, zoar, sair pros rolê, se divertir, cheirar pó de giz (KKKKK), entre outras coisas aleatorias. Sabe, eu amava mto ele, mas dps disso tudo oq eu fiz, era de se esperar q ele ia me dar esse tiro.
No inicio, eu tentei me esquecer dele, xingar ele, pensar coisas ruins sobre ele, tentar botar a culpa nele. Achei q em umas semaninhas ele ia voltar pra mim, mas n, ele sumiu...
Ate q, com esse sumiço, comecei a me dar conta do q q eu realmente fiz. Como pude ser tao cruel? Só pensar nos meus sentimentos e n nos dos outros? Como q eu consegui agir achando q era certo qdo na vdd era errado? Gente, eu comecei a me sentir, tao, mas TAO culpada, q a culpa até dói.
Eu sei q vcs devem ta pensando: “Ta, fez e recebeu, eh lei do retorno, lei da acao e reacao”. Mas gente, eu tava tentando ser feliz uma vez na vida, tava tentando ser aceita, e isso nunca tinha acontecido cmg e me confundi dms. Achei q tava fazendo o melhor qdo na vdd eu n deveria ter namorado ninguem isso sim. Mas eu n posso voltar no tempo...
Enfim, abril e maio se passaram, e eu comecei a manifestar sintomas de depressao, por conta das coisas da escola, por conta da cobrança, e principalmente, por conta dessa situacao, pq comecei a sentir mta culpa msm. Fiquei doente do estômago por conta de tudo isso e ainda to meio mal, n consigo comer como antes tbm. Tentei falar com Clóvis umas dezenas de vezes, mas msm assim n tinha papo.
Até q junho começa e me chega uma solicitacao no direct do Insta, era uma menina (vamos chamar ela de Folks), me pedindo dicas pra gravar videos, ate pq eu posto mto video no Insta pra ver se eu me esqueço de tudo isso. Comecei a conversar bastante com ela, principalmente pq ela eh incrivelmente incrivel. Ate q um dia eu tava bem bad e falei sobre todos os meus problemas com ela, e ela me disse... q ela era amiga do Clóvis.
Na vdd sempre desconfiei q ela era amiga dele, por conta de varios motivos, mas n vou ser especifica. Mas n deixou com q eu n ficasse em choque com Folks. Desde entao, ela tem tentado me ajudar a superar isso, conseguiu convencer Clóvis a falar cmg e enfim.
As conversas q eu tive com Clóvis, mais pioraram do q ajudaram, até pq ele dizia q me perdoava, mas q n conseguia nem falar cmg e nem voltar a ser meu amigo. Eu entendo ele pq nem eu to aguentando mais a minha presença. Mas, isso n deixou de doer em mim... E qdo ele me disse q tinha conseguido me esquecer e conseguiu me trocar pela Folks, foi a gota d’água...
Sabe, eu n sabia q eu podia ser trocada como um objeto, achava q era coisa da minha cabeça. Mas ele me trocou, e pela Folks ainda, q eu considerava e considero uma grande amiga...
Ah, o pior n foi isso q ele me falou. O pior foi qdo ele me disse q no inicio da nossa amizade, ele tinha intencoes ruins cmg... não, n eh relacionado a sexo ou coisa do tipo, eh coisa mais sombria. Eu n sei bem falar oq eh pq ele n foi mto especifico, mas isso me doeu tanto, pq eu sempre desejei o bem dele, por mais q eu tenha feito mta besteira com ele...
Bom, eh essa a minha historia, q ninguem sabe o final... Dclp se foi uma historia mto deprê, mas eh q eu tinha q desabafar em algum lugar, serio msm.
Gente, julguem dá forma que vcs quiserem, eh isso
Bjs <3 (vamos ver se Luba me nota, vai q ele me dá uma luz neh?)
submitted by Felicity4Now to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.12 23:11 tercioteseu Hoje eu fui chamado de Racista

Racismo é uma merda. Como é um tópico sensível, mesmo achando lugar de fala uma bela falácia, eu normalmente deixo as pessoas negras se posicionaram sobre e eu simplesmente digo que concordo com elas pq eu concordo.
Racismo é uma merda. É um problema estrutural na nosda sociedade. Julgar alguem pela cor da pela e não pelo caráter é o preconceito mais escroto e irracional que existe. Todo preconceito é burro, mas a xenofobia ao menos segue uma lógica (bairrismo), o ódio entre religiões faz sentido dentro da filosofia de cada uma das respectivas crenças. Racismo é literalmente odiar alguém pela cor da pele, algo qur não se escolhe nem se aprende. É simplesmente espúrio. Crime. Me parte o coração só de pensar no quanto de sofrimento nós já infligimos a bilhões e bilhões de pessoas ao longo da história devido a essa nossa necessidade ridicula de brigar, de ser preconceituoso, cospir ódio e perpetuar comportamentos higienistas e genocidas.
Hoje uma amiga muito querida, que esse ano idealizou um projeto muito bacana chamado PRETOS NO ENEM que consistia em criar uma vaquinha para que pessoas negras sem condição de se inscrever no enem fossem beneficiadas por meio de doações via boleto bancário.
Foi um sucesso, ela ate apareceu na globo.
Uma pessoa muito boa, engraçada e doce.
Mas sim -ja ia me perdendo em divagaçoes- ela publicou uns tweets sobre como as pessoas estavam sendo muito preconceituosas com ela por ela namorae um cara branco. Aquela coisa de PALMITEIRA e tals
aí eu comentei
"nÃo pOrQuE o eMbRaNqUeCiMeNtO dA rAçA nEgRa é uM pLaNo dE dOmInAçÃo cAuCaSiAnA"
Só trocar branco por negro e temos uma frase de adolf hitler em mãos, olha que legal
"Ah pq vc n pode me comparar a adolf hitler"
odeia judeu mistura de raças e quer ser chamado de quê?
Comentário meio belicoso, é verdade. Mas eu me reservo a esse direito pq ja passei por situações similares na vida. Eu costumo evitar opinar sobre essas coisas nao pq eu ache que n tenho direito de falar sobre (acho isso uma grande imbecilidade, inclusive) mas pra me poupar da fadiga de ter que discutir com gente sectaria e ignorante
Ela me respondeu pedindo que eu por favor apagasse pq apesar dela ocncordar eu sou branco e eu n devia opinar sobre
Eu pessoalmente acho isso extremamente idiota, mss como ela foi super educada, é uma pessoa querida e é claro É NEGRA, tem mil vezes mais vivencia e conhecimento do que eu sobre racismo eu apaguei sem problema nenjum.
O problema é que ela é meio famosinha e um imbecil branco que inclusive eu lembro mt bem de ter chamado o taison de macaco na epoca da copa de 2018 deu rt comentado me chamando de racista e me jogando aos leoes dos seguidores dele.
Aí começou a chover idiota na dm e indiretinha na timeline e eu tranquei meu perfil
Assim. Eu não devia me irritar com isso da forma como eu estou me incomodando.
Mas a verdade é que essa é só a cereja do bolo de desastres que eh a minha vida nos ultimos 3 meses
minha mae adoeceu com covid (ja melhorou) O controle do meu videogame quebrou Eu provavelmente serei reprovado no ultimo ano do ensino medio porque nao consigo render estudando a distancia A escola nao ajuda em nada e olha que ela esta longe de ser a pior das escolas nesse sentido, é o sistema educacional que esta falido dentro dessa coisa de vestibular Eu não consigo sequer me divertir mais fazendo as coisas que eu gosto pq eu simplesmente não relaxo
Eu tô pilhado demais. Estressado. Estafado. Burnout
Tem mt mais merda que rolou, e eu ate ia desabafar aqui sobre ontem, passei 3 horas escrevendo mais apaguei sem querer.
Então por mais que seja uma grande besteira, ser chamado de racista nesse caso acabou meio que causando uma puta crise de ansiedade em mim Sabe quando a cabeça fica cheia, a respiraçao rarefeira e o coraçao dispara em ritmo de frevo e vc fica ao mesmo tempo invonsolavel e puto?
Pois é. E eu tenho que escolher melhor minhas brigas. Pq eu n devo me estressar com imbecilidadezinhas como essa. Deixar passar. Abstrair.
O problema é que eu tô desgastado. Tô com fastio mesmo. Desmotivado. Eu tenho um mundo pela frente, mas que raio de mundo é esse?
O futuro não me parece nada alvissaleiro e eu há anos eu n tenho amigos nem namoro. Eu tô solitario.
E cansado. To ficando muito amargo com essas coisas, mas eu nao posso deixar que elas interfiram de forma negativa na minha vida pessoal.
Claro que inevitavelmente algumas coisas vao transparecer no meu comportamento pq eh assim que as emoçoes funcionam, mas ninguem deve sofrer por causa de problemas dos outros.
Eu que me resolva com minhas raivas e meus traumas.
Eu só queria viver.sabe. eu sinto saudade pra caramba de quando eu ainda tinha uma perspetiva de futuro melhor nao so pra mim mas pra toda a humanidade.
Porque eu acredito que as pessoas não sao más em sua essencia. Que o brasileiro de preguiçoso não tem nada, éum povo trabalhador e sofrido que é taxado com rotulos que deverism na verdade ser atribuidos aos poucos poderosos que há 500 anos fazem o que bem entendem com a sua população.
A gente até esboçou um progresso consideravel dentro de todas as limitações que a sociedade nos impõe: foram 20 anos incríveis. Pode parecer meio absurdo falar isso levando em consiferaçao quem foi eleito, mas imagine pasdar 30 anos sem ter direito de escolher seus representantes politicos e de repente vc nao só escolhe como participa ativamente destes governos.
Goste ou nao do lula (eu mesmo tenho um milhão de problemas com ele), é mt legal ver um torneiro mecanico na presidencia da republica. Eu tbm n gosto do fhc, mas o cara é professor universitário, um educador. A dilma, que ironia, economista. Mas aí pouco importa a profissao: uma mulher no posto mais importante do país.
Claro que as caracteristicad pessoais dos governantes nao necessariamente refletem as práticas de seu governo. O professor universitário só abriu uma universidade e a economista quebrou o país. Mas vcs entenderam o que eu quis dizer - as pessoas votavam em quem mais se parecia com elas, em quem elas colocavam confiança
Então é triste que, por meio de um conjunto de fatores, o candidato da elite desse país tenha vencido: Um milico de novo. E um milico filho da puta que ta deliberadamente matanfo milhares de pessoas por ai.
Mas o bolsonaro querendo ou nao representa aquela minoria repugnante dos brasileiros qur sempre existiu e que permeia todas as classes sociais - aquele imbecil que é preguiloso, vive de ganhar dinheiro burlando leis e passandl a perna nos outros, e que é extremamente escroto e preconceituoso com todo mundo ao seu redor. O tiozao do churrasco. O cara bronco.
Aquelas pessoas que são más em sua essencia. Que te tiram um pouco a esperança de um mundo melhor.
Enfim. Isso era um desabafo sobre minha vida e virou um desabafo sobre política. Peço perdão AI
submitted by tercioteseu to desabafos [link] [comments]


2019.08.10 17:42 lanaSouza A violência doméstica paralisa ou há motivos por trás?

Em 2006 criaram a Lei 11.340/06 (nomeada de Lei Maria da Penha) para proteger, exclusivamente, a mulher de violência doméstica e familiar praticada pelo homem.Ao longo dos anos ela sofreu muitas mudanças (riscaram alguns artigos e/ou acrescentaram mais), sem falar nos entendimentos jurisprudenciais (dos tribunais) que se transformaram (alguns) em Súmulas vinculantes - quais sejam: vinculam o julgador na próxima questão igual, que aparecer para ser julgada!
Enfim, o que quero dizer com isso?
Hoje, agosto de 2019, muita coisa já não é nem parecida com o que foi em 2006, quando criada!Felizmente, já existe Delegacia especializada em quase todas cidades de grande a médio porte (algumas cidades pequenas, também).
Transsexuais (de homem para mulher) já podem se valer da Lei e, de igual modo, a violência praticada por um membro do casal lésbico (durante o namoro, união estável ou casamento), e a empregada doméstica que viva ou não sobre o mesmo teto.
Os que estarão fora (sempre), não são protegidos pela lei são os homens - todavia, os filhos do casal, e de qualquer casal, podem ser vítimas de violência doméstica e familiar prevista na Maria da Penha.Recentemente houve ainda mais mudanças para proteger a mulher e seus filhos contra a violência de gênero.
As tais mudanças foram inseridas pela Lei 13.827/2019 (agora o afastamento imediato do agressor pode ser feito tanto por policial, sem mandado, quanto por mandado judicial - a polícia, mesmo sem mandado, retira o homem do seio familiar, deixando a mulher e seus filhos longe do agressor - mas, na lei, há mais - fazer leitura, se interessar).

O artigo 7º da primeira lei (a 11.340/2006) cita 5 tipos de violência; mas aqui pretendo questionar apenas 3 dos 5 incisos:

II - Violência Psicológica;
III - Violência Sexual e
(...)
V - Violência Moral.
Quem tem um relacionamento "estável", dificilmente dirá que nunca sofreu nenhuma das citadas violências.
Dentro dos três incisos acima há tantos exemplos que daria para digitar por horas, mas fiz isso para questionar-vos os seguinte:
ALGUÉM AQUI JÁ SOFREU ALGUMA DAS CITADAS VIOLÊNCIAS?
Para puxar conversa, inicio por mim mesma:
Eu sim, já sofri e sigo sofrendo de alguma delas; ainda não consegui denunciar porque sou burra, tenho pena dele e estou com depressão (além de estar desempregada), ainda não consigo me sustentar sozinha como fazia quando mais jovem!
Vocês acreditam que as vítimas de violência desse tipo ficam paralisadas (não agem) porque amam demais; tem medo ou porque estão, como estou eu (sem trabalho, depressiva e em tratamento medicado por plano de saúde que é pago por ele))?
Gostaria de saber mais sobre isso - sobre a falta de denúncia pelo tipo de violência citada no artigo 7º, de preferência só a violência descrita nos incisos citados.
Obrigada!
submitted by lanaSouza to desabafos [link] [comments]


2019.08.07 15:50 lanaSouza “Bullying “nas relações conjugais - palavras que machucam!

Artigo publicado há 5 ANOS no JusBrasil , pela própria autora deste Blog, mas com antigo perfil do Jus (sucesso por lá, editado aqui pelas alterações da Maria da Penha em 2019)
Há alguns anos, poucos após a entrada em vigor da Lei Maria da Penha(11.340/2006), uma senhora me procurou, em meu antigo escritório em Cuiabá, para contar o que se passava consigo, na verdade, com o seu relacionamento conjugal.Dizia ela estar casada havia 3 anos e meio e há muito já não sabia o que era ouvir uma palavra carinhosa do marido, ao contrário disso, só ouvia frases depreciativas à respeito de sua aparência, suas vestes, sua inteligência, sua formação profissional, etc.
*Este texto está disponível também AQUI
Aliás, ela não sabia dizer se algum dia teria ouvido um elogio do marido sobre algo relacionado a ela, mesmo antes de casarem.
A senhora em questão havia me procurado para saber se tinha algo que ela pudesse fazer acerca do assunto, uma vez que também considerava aquilo como um tipo de violência doméstica. Ela estava certa. A violência porquê passava no dia a dia, dentro do lar, é considerada pela Lei 11.340/2006 como sendo Violência Psicológica, e vem prescrita nos artigos 5º “caput” e 7º, inciso II da referida Lei.
Art. 5o Para os efeitos desta Lei, configura violência doméstica e familiar contra a mulher qualquer ação ou omissão baseada no gênero que lhe cause morte, lesão, sofrimento físico, sexual ou psicológico e dano moral ou patrimonial: (Vide Lei complementar nº 150 de 2015);
Art. 7o São formas de violência doméstica e familiar contra a mulher, entre outras:
(…)
II - a violência psicológica, entendida como qualquer conduta que lhe cause dano emocional e diminuição da auto-estima ou que lhe prejudique e perturbe o pleno desenvolvimento ou que vise degradar ou controlar suas ações, comportamentos, crenças e decisões, mediante ameaça, constrangimento, humilhação, manipulação, isolamento, vigilância constante, perseguição contumaz, insulto, chantagem, ridicularização, exploração e limitação do direito de ir e vir ou qualquer outro meio que lhe cause prejuízo à saúde psicológica e à autodeterminação.
Hoje (2019), entretanto, a antiga Lei já conta com as mudanças acrescentadas pela Lei 13.827/2019, com as seguintes alterações:
Art. 2º O Capítulo III do Título III da Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006 (Lei Maria da Penha), passa a vigorar acrescido do seguinte art. 12-C:
“Art. 12-C. Verificada a existência de risco atual ou iminente à vida ou à integridade física da mulher em situação de violência doméstica e familiar, ou de seus dependentes, o agressor será imediatamente afastado do lar, domicílio ou local de convivência com a ofendida:I - pela autoridade judicial;II - pelo delegado de polícia, quando o Município não for sede de comarca; ouIII - pelo policial, quando o Município não for sede de comarca e não houver delegado disponível no momento da denúncia.
§ 1º Nas hipóteses dos incisos II e III do caput deste artigo, o juiz será comunicado no prazo máximo de 24 (vinte e quatro) horas e decidirá, em igual prazo, sobre a manutenção ou a revogação da medida aplicada, devendo dar ciência ao Ministério Público concomitantemente.
§ 2º Nos casos de risco à integridade física da ofendida ou à efetividade da medida protetiva de urgência, não será concedida liberdade provisória ao preso.”
Art. 3º A Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006 (Lei Maria da Penha), passa a vigorar acrescida do seguinte art. 38-A:
“Art. 38-A. O juiz competente providenciará o registro da medida protetiva de urgência.
Parágrafo único. As medidas protetivas de urgência serão registradas em banco de dados mantido e regulamentado pelo Conselho Nacional de Justiça, garantido o acesso do Ministério Público, da Defensoria Pública e dos órgãos de segurança pública e de assistência social, com vistas à fiscalização e à efetividade das medidas protetivas.”
Art. 4º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.
Brasília, 13 de maio de 2019; 198o da Independência e 131o da República. JAIR MESSIAS BOLSONARODamares Regina Alves
A violência em questão é quase tão grave quanto a física, podendo ser inclusive pior, vai depender do “estado emocional” de cada mulher e da constância da agressão!A pessoa da história acima passou a sofrer depressão com o decorrer do tempo. Frequentava o psiquiatra e tomava remédios controlados; não conseguia mais trabalhar e fazer as atividades da casa como antes pois vivia mais acamada do que disposta.
Engordou, deixou de fazer coisas que antes gostava, coisas normais e consideradas necessárias para uma mulher como: pintar as unhas, depilar-se, fazer exercícios, ir ao cinema, falar e encontrar com amigas e parentes; isolou-se em seu mundo – passou a ser tão“agressiva” com os demais que acredita ter se igualado ao agressor (marido); a vida dentro de casa transformou-se em “elogios” mútuos.
De pessoa “doce”, carinhosa, gentil e amável, em especial com os romances que já havia tido anteriormente, passou a ser amarga e tratar esse companheiro da mesma forma que ele a tratava pois, segundo ela, “é dando que se recebe”; “quem oferece flores receberá flores, mas quem só dá espinhos é isso que conseguirá” (palavras dela). No entanto, quanto mais agressiva (com palavras) se tornava, mas culpada e infeliz, vivia!O que fiz por essa senhora?
A Lei ainda era considerada “experimental”, estava em vigor há pouco mais de um ano, todavia era novidade, inclusive em se tratando de violência psicológica – no que tive de estudar o assunto para dar uma melhor resposta. Acredito que ela somente aguardou a resposta porque eu era indicação de uma amiga sua.
Diz ela que contar o caso que se passava em sua vida já era difícil e vergonhoso por demais para me contar, sair relatando a dois ou três Advogados era impossível.Assim fui “estudar” a lei mais a fundo para saber se o caso dela haveria solução.Percebi que, pelo fato de NÃO estar disposta à separação, nem tinha vontade de vê-lo preso, pois era ele quem mantinha a casa com o “bom salário” que recebia; (estava desempregada) e, na época sem condições psicológicas para tal; não haveria muito o que fazer a não ser indicar acompanhamento psicológico para ele também – até porque, como já dito, a lei era muito nova e não havia precedentes ou algo que se pudesse valer como “exemplo” para resolver a situação.Acredito que minha explicação não lhe tenha caído muito bem, pois ela insistia que àquilo era crime, já que havia lido a lei antes de ir me consultar. Um tipo difícil de cliente, pois acha que sabe tudo; não aceita conclusões e explicações que não seja do agrado. Mas qual seria a resposta que ela gostaria de ouvir se não queria se separar do marido nem vê-lo preso?- Já não sei, nunca entendi!Só sei que se a vida dela não estava fácil, a minha também não ficou nada agradável depois dessa consulta. Essa senhora estava muito impaciente, amarga e intolerante. Chorava com facilidade e perdia a paciência por qualquer coisa.
Realmente estava doente devido ao relacionamento perturbado que tinha com o marido, segundo ela, já tinha até pensamentos suicidas. Confesso que fiquei atormentada por não “conseguir” fazer nada.O esposo dessa cliente transformou a vida dela num inferno ao se aproveitar de sua fragilidade e dependência econômica!Chamá-la de preguiçosa, burra, gorda e inútil era comum, isso fez com que a auto estima dela se perdesse por completo. Era por isso que não desejava a separação, acreditava que não encontraria mais ninguém e muito menos um emprego para seguir vivendo – ele fazia questão de dizer, também, que ninguém a iria querer.
A atitude dele parecia a de um sádico; só se sentia feliz quando a fazia chorar – muitas vezes chegou a pensar que ele poderia ser um psicopata, já que não sentia nada por ela, nem por ninguém; totalmente desalmado e descompassivo – o pior de tudo é que ele deixava claro que gostava de ser assim!O relato que acabo de transcrever é bastante comum. Acredito que hoje a facilidade em lidar com tais situações é bem maior que há 13 (doze) anos, quando essa senhora me procurou.
Hoje existem delegacias especializadas em defesa da mulher em qualquer cidade, há ajuda psicológica oferecida pelo próprio Estado e apoio incondicional à mulher vítima de qualquer violência que venha descrita no artigo 7º da Lei Maria da Penha, e as alterações inseridas pela nova Lei (a de 2019 - citada acima).Um dos motivos que me fez recordar dessa infeliz Senhora foi a leitura de um artigo publicado na revista Marie Clarie de outubro de 2014, que entrevistou a Psicóloga Adelma Pimentel sobre o lançamento do livro em que é autora, denominado“Violência Psicológica nas relações conjugais” (da Summus Editorial).A obra fala do efeito devastador que uma violência desse gênero poderá acarretar nas relações conjugais.Preferi, no entanto, nomear este artigo como “Bullying” nas relações conjugais, pois a violência psicológica é partida, quase sempre, de um membro que se acha superior direcionada a outro que se encontra, segundo quem pratica, em relação de inferioridade.

Veja o que diz o artigo da Marie Claire:

Protegida pelo silêncio, incorporada aos costumes, herança da cultura patriarcal, ela se instala nos lares desde muito cedo, levando os casais a estabelecer relações pobres e, muitas vezes, doentias.
Estudiosa do assunto e militante da causa da prevenção e da erradicação da violência, Adelma apresenta um retrato dos embates psicológicos que acometem parceiros das mais diversas origens e classes sociais. No livro, ela faz uma análise profunda sobre o tema, propõe a nutrição psicológica de cada membro do casal para que diminuam os conflitos e oferece elementos indicativos para romper o ciclo de violência e restabelecer os vínculos afetivos do casal.Apesar da grande incidência nas relações conjugais, a agressão geralmente não é reconhecida pelos cônjuges, sobretudo pela mulher. Entre suas manifestações estão o deboche, a humilhação e o isolamento.
Na avaliação da psicóloga, famílias são organizações complexas, dialéticas e ambíguas. Campo de diversos choques, ódios e de trânsito voraz de rápidas, variadas e múltiplas emoções que podem coexistir no mesmo dia, conforme os atores e seus atos. “Dentro delas, os embates atravessados pela violência psicológica podem contribuir para forjar casamentos precipitados, uniões estáveis e até mesmo namoros que perpetuam o círculo vicioso de aprisionamento dos sujeitos”, complementa.
Num mundo totalmente reconfigurado, em que os papéis de gênero sofrem mudanças a cada dia, o livro é um referencial para discutir antigos modelos familiares e novos caminhos de expressão, baseados no autoconceito, na autoestima e na autoimagem nutridos psicologicamente desde a infância. “O objetivo é cooperar com os esforços coletivos para atualizar e renovar nossa humanidade, tão fragilizada pela supressão de valores éticos”, afirma a autora. Para ela, o diálogo é o nutriente imprescindível de uma relação afetiva amorosa. Ele é mediador do fortalecimento dos vínculos e do não enraizamento das violências privadas, sobretudo a psicológica.
Fonte: gruposummus. Com por Marie Claire
Autoria /Comentários: Elane F. De Souza OAB-CE 27.340-B
Foto/Créditos: pixabay grátis *Às vezes, como no caso apresentado, a única solução viável é o Divórcio; aproveito para indicar um sistema online, EFICAZ e mais barato do Brasil para se divorciar (funciona para ambos os sexos e quaisquer outra forma de relacionamento conjugal homossexual).
submitted by lanaSouza to DivulgueDireito [link] [comments]


2019.06.24 17:51 Amanda3exceler Como confirmar uma traição: dicas da Elite Detetives Elite Detetives

Nada machuca mais como a traição de um cônjuge. A maioria dos especialistas concorda que, se o seu cônjuge te trai, a melhor maneira de confirmar isso é contratando um detetive particular.
No entanto, antes de contratar um investigador, fazer uma bisbilhotagem por conta própria também é uma opção.
Dessa forma, a equipe da Elite Detetives separou algumas dicas que você pode usar para confirmar ou esclarecer suspeitas de traição.

Não quebre a lei

Antes de mais nada, a primeira dica do detetive particular da Elite é: não viole nenhuma lei. Procure aconselhamento jurídico antes de tomar qualquer medida que possa violar a privacidade do seu cônjuge. Se você violar a lei e seu casamento terminar mal, seu cônjuge poderá levá-lo a tribunal por suas ações ilegais.
Isso significa que algumas das dicas que você encontra na internet são totalmente ilegais para você. Isso inclui: hackear telefones, redes sociais, contas de e-mail, etc. Sim, você terá a prova do caso, mas estará se expondo a processos judiciais.

Verifique o telefone da pessoa

Os telefones celulares são alguns dos dispositivos mais pessoais que possuímos. Portanto, não é surpresa que seja usado por infiéis na condução do caso. E a maioria aprende a proteger seus telefones desde o início.

Alguns sinais de alerta:

Verifique o histórico do navegador

Se você tiver acesso legal ao computador que eles usam, verifique o histórico do navegador do cônjuge. Isso pode lhe dizer os sites e páginas que eles entram. Visitar sites de namoro e páginas de mídia social que eles mantêm em segredo é motivo de preocupação.
Se eles apagarem o histórico do navegador após o uso, você poderá verificar novamente em uma data posterior. Se eles têm o hábito de limpar o histórico do navegador, é uma boa aposta que eles estão escondendo algo.

Mantenha um diário

Monitore a atividade de seu cônjuge em seu diário. Estes podem incluir viagens ou atividade suspeita de cartão de crédito. Tome nota das viagens que demoraram mais do que o normal, como as idas à loja da esquina que agora levam algumas horas.
A maioria dos traidores usará dinheiro para financiar o caso, uma vez que deixa menos registros – uma alteração nos saques de dinheiro deve ser observada.

Esteja preparado para o que você encontrará

Embora você possa pensar que eles estão trapaceando, também é possível que eles tenham um vício, problema familiar ou outro problema que estão tentando manter em segredo. Tente manter a calma e não entre imediatamente em acusações sem uma prova definitiva.

Como contar com os serviços de detetives particulares de qualidade?

Conte com a Elite Detetives para investigar por você. Nossa equipe de detetives particulares irá resolver seu caso, trabalhamos com investigação conjugal, empresarial, familiar, entre outros.

Conheça a Elite Detetives: https://www.elitedetetives.com.b
submitted by Amanda3exceler to u/Amanda3exceler [link] [comments]


2019.06.24 17:49 Amanda3exceler 4 Segredos por trás dos bastidores dos detetives particulares Elite Detetives

Na cultura popular, os detetives particulares são constantemente retratados como foras-da-lei armados que obtêm resultados que a polícia não consegue derrubando portas e sacudindo suspeitos.
Na realidade, esses detetives lidam com fraudes de seguro, infidelidade e impropriedade corporativa, vasculhando diligentemente registros e rastreando pessoas de interesse, usando a experiência adquirida com históricos em aplicação da lei, prevenção de perdas ou militares.
Isso não significa que eles não precisam ocasionalmente se disfarçar ou pensar rápido quando são vistos. Confira estes 6 fatos menos conhecidos sobre como é ser um detetive particular, reunidos pela Elite Detetives!

Curiosidades sobre a rotina de um detetive particular

Socorro em namoros virtuais

O namoro on-line tem sido uma benção para os investigadores particulares: as pessoas entrelaçadas em romances na internet às vezes começam a ter suspeitas sobre se a pessoa com quem estão se correspondendo está dizendo a verdade.
Dessa forma, os serviços contratados são para investigar e confirmar se a pessoa é quem diz ser.

Detetives fazem xixi em garrafas

Esse trabalho não vive de glamour: um elemento-chave no trabalho de vigilância é não sair do carro estacionado e quando se trata de usar o banheiro, você precisa estar disposto a usar uma garrafinha.
Para o número dois? É melhor segurar!

Eles podem caçar coisas nas latas de lixo

Apesar de ter uma riqueza de informações disponíveis tanto online quanto em locais de registros públicos. Os detetives às vezes descobrem que o melhor local para achar evidências é uma lata de lixo.

Detetives podem descobrir quanto dinheiro você tem

Os investigadores podem obter acesso às suas contas bancárias. Não para administrar seu dinheiro, mas para descobrir o quanto tem na sua conta, principalmente em casos de ativos retidos durante um divórcio ou outro litígio.

Como contar com os serviços de detetives particulares de qualidade?

Conte com a Elite Detetives para investigar por você. Nossa equipe de detetives particulares irá resolver seu caso, trabalhamos com investigação conjugal, empresarial, familiar, entre outros.

Conheça a Elite Detetives: https://www.elitedetetives.com.b
submitted by Amanda3exceler to u/Amanda3exceler [link] [comments]


2019.06.04 02:35 DrHelminto (Opinião) O Neymar pode se lascar seriamente e será culpa só dele...

Por que digo isso?
Pois como um rapaz de 27 anos, milionário desde os 17, consegue a proeza de ter ZERO JUÍZO? Pelo visto ele nem conhecia a moça, apenas achava ela bonita por fotos e pensou que seria uma ideia racional transar com ela assim... sem mais nem menos?
Amigos, como eu digo para um cunhado meu mulherengo que já paga 2 pensões alimentícias para mulheres que ele odeia hoje em dia: Somente alguém sem amor próprio vê a necessidade de transar só por atração estética.
E pensar que com o potencial do Neymar ele poderia estar em um relacionamento bacana, no qual um casal pode complementar as falhas um do outro e se tornar algo maior que o indivíduo.. não, ele decide que qualquer rabo de saia bonito vale a pena a investida para o coito.
Cedo ou tarde isso ia acontecer.
O tom das mensagens são de alguém fora do próprio controle: "to louco até agora" mensagem enviada numa manhã de treino com o PSG. Essa é emblemática, mostra alguém que não entendeu ainda que viver "igual um rockstar" significa também ter uma vida curta "igual um rockstar", e os problemas com a lei "igual um rockstar".
Com as evidências de consumo elevado de álcool, como que Neymar vai conseguir rebater a acusação?
Ela vai no delegado e conta que sim, queria o Neymar. Que sim, foi a Paris em namoro com o craque. Que sim, fez sexo consensual algumas vezes com o acusado... mas que após isso tudo ele, bêbado, queria mais e ela negou, e foi quando ele forçou o coito e a estuprou, alegadamente.
Não tem como se defender disso. A única defesa é a prevenção - sendo um cidadão responsável e digno de respeito. Pois com essas mensagens e essa conduta, Neymar é indigno pra mim (já meio que era antes mas isso foi a cereja do bolo).
Não tenho nenhuma simpatia pelo jogador, ele colhe o que planta... e faz isso de uma posição de poder privilegiada o suficiente para saber fazer melhor.
De certa forma dou um parabéns para a moça pela jogada de craque: vai sair dessa com um acerto milionário. Neymar não pode ficar muito tempo no Brasil e deve querer fechar um acordo logo.
submitted by DrHelminto to brasil [link] [comments]


2018.10.10 14:11 ViaLogica A principal razão para a eleição de Bolsonaro

Tenho observado os argumentos das pessoas ao meu redor e na internet que pretendem votar no candidato Jair Bolsonaro no segundo turno, e a razão mais prevalecente é que ele "não é do PT".
Aparentemente, não importa muito se ele é racista [1][2], machista [3][4][5], homofóbico [6][7][8], apologista à tortura [9][10], apoiador da ditadura militar [11][12], sonegador de impostos [13], suspeito de crimes de corrupção e lavagem de dinheiro [14][15][16][17][18][19], além de ser filiado ao partido PSL, que recebeu mais de R$350 mil em "doações" de empresas relacionadas à investigação Lava Jato [20], ser definido como um dos partidos menos transparentes do país [21], e ser considerado um partido "de conveniência" para que seus candidatos obtenham participação parlamentar [22].
O mais importante é que o candidato não é do PT. #B17 neles! /s
Por favor, reconsidere a sua decisão se essa for a sua principal razão. Não é através da eleição de um candidato sem experiência no Executivo, com quase 28 anos como deputado e apenas dois projetos de sua autoria transformados em lei (nenhum sobre segurança pública, sua principal bandeira) [23], e com todos os defeitos apresentados aqui, que iremos melhorar esse país.
 
[1] Em março de 2011, respondeu uma pergunta sobre seus filhos se relacionarem com negras afirmando: "eu não vou discutir promiscuidade com quem quer que seja. Eu não corro esse risco. Meus filhos foram muito bem educados". Fonte: http://g1.globo.com/politica/noticia/2011/03/deputado-associa-na-tv-namoro-com-negras-promiscuidade.html
[2] Em abril de 2017, comparou quilombolas à animais, os avaliando em termos de "arrobas" (unidade de peso utilizada para o gado) e capacidade de procriação. Fonte: https://noticias.uol.com.bultimas-noticias/agencia-estado/2017/04/03/bolsonaro-diz-que-ira-acabar-com-demarcacoes-de-terras-e-financiamento-de-ongs.htm
[3] Em abril de 2017, afirmou que sua filha foi fruto de uma "fraquejada", ao contrário de seus quatro primeiros filhos, homens. Fonte: https://www1.folha.uol.com.bpode2017/04/1873049-entidade-judaica-condena-fala-de-bolsonaro-em-clube.shtml
[4] Em fevereiro de 2015, se mostrou contrário à igualdade de renda entre gêneros, pois mulheres engravidam, e afirmou que "se [ele] empregar [um homem] na [sua] empresa ganhando R$2 mil por mês e a Dona Maria ganhando R$1,5 mil, se a Dona Maria não quiser ganhar isso, que procure outro emprego!" Fonte: https://revistacrescer.globo.com/Familia/Maes-e-Trabalho/noticia/2015/02/jair-bolsonaro-diz-que-mulher-deve-ganhar-salario-menor-porque-engravida.html
[5] Em março de 2017, afirmou ser contra a Lei do Feminicídio e que "nós temos que acabar com o mimimi, acabar com essa história de feminicídio". Fonte: https://www1.folha.uol.com.bcolunas/monicabergamo/2017/03/1865159-porte-de-armas-acabaria-com-mimimi-de-feminicidio-diz-bolsonaro.shtml
[6] Em março de 2011, após a polêmica sobre sua afirmação racista no programa CQC [1], afirmou ter confundido a pergunta, e que a "promiscuidade" que se referia era sobre seus filhos serem gays, um evento impossível pois "foram muito bem educados". Fonte: https://www.correio24horas.com.bnoticia/nid/deputado-nega-ser-racista-mas-mantem-declaracoes-homofobicas/
[7] Em junho de 2011, associou a homossexualidade com a pedofilia, afirmando que "muitas das crianças que serão adotadas por casais gays vão ser abusadas por esses casais homossexuais". Fonte: https://www.jn.pt/brasil/interiodeputado-bolsonaro-diz-que-governo-transforma-gays-numa-classe-privilegiada-1879387.html
[8] Em junho de 2011, declarou "prefiro que um filho meu morra num acidente do que apareça com um bigodudo por aí. Para mim ele vai ter morrido mesmo" e "se um casal homossexual vier morar do meu lado, isso vai desvalorizar a minha casa". Fonte: https://catracalivre.com.bcidadania/jair-bolsonaro-como-ele-reagiria-se-tivesse-um-filho-gay/
[9] Em 1999, já em seu terceiro mandato como deputado, afirmou "eu sou favorável à tortura e o povo é favorável a isso também". Fonte: https://www1.folha.uol.com.bcolunas/bernardomellofranco/2017/10/1925781-bolsonaro-sem-retoques.shtml
[10] Em abril de 2016, durante o seu discurso de voto favorável ao impeachment da presidente Dilma Rousseff, homenageou o primeiro militar condenado pelo crime de tortura durante a ditadura militar, Carlos Alberto Brilhante Ustra, e exaltou a tortura sofrida pela presidente durante o período. Fonte: https://extra.globo.com/noticias/brasil/coronel-ustra-homenageado-por-bolsonaro-como-pavor-de-dilma-rousseff-era-um-dos-mais-temidos-da-ditadura-19112449.html
[11] Em janeiro de 2011, afirmou que a ditadura militar brasileira, período marcado por torturas, mortes, e a dissolução de liberdades civis, "foram 20 anos de ordem e de progresso". Fonte: https://www1.folha.uol.com.bfsp/opiniao/fz1101201107.htm
[12] Em março de 2011, afirmou que apoiaria a volta da ditadura militar no país, e que o período foi "excelente para o Brasil". Fonte: https://catracalivre.com.bcidadania/assista-outras-declaracoes-absurdas-de-bolsonaro/
[13] Em 1999, já em seu terceiro mandato como deputado, declarou: "conselho meu e eu faço: eu sonego tudo o que for possível". Fonte: https://www1.folha.uol.com.bcolunas/leandrocolon/2018/01/1948754-com-patrimonio-multiplicado-bolsonaro-ja-declarou-que-sonegaria-o-possivel.shtml
[14] A Lista de Furnas, documentos relacionados a um esquema de corrupção e lavagem de dinheiro para abastecer a campanha nas eleições de 2002 dos partidos PSDB, PFL (hoje DEM), PP, entre outros, revelou o nome de Jair Bolsonaro como um dos favorecidos pelo esquema. Fonte: https://jornalggn.com.bblog/luisnassif/os-nomes-e-valores-da-lista-de-furnas
[15] Em 2014, em um esquema de propinas delatado por Joesley Batista, a empresa JBS "doou" mais de R$360 milhões a partidos em troca de favores políticos, dos quais R$200 mil foram "doados" a Jair Bolsonaro através do partido PP. Fonte: https://www.metropoles.com/brasil/politica-bsite-do-tse-mostra-que-bolsonaro-recebeu-doacao-da-jbs
[16] Durante o período de 2010-2014, o patrimônio declarado de Jair Bolsonaro e sua família teve um aumento muito superior à valorização esperada para o período, levantando-se suspeitas de lavagem de dinheiro. Fonte: https://ultimosegundo.ig.com.bpolitica/2018-01-07/jair-bolsonaro-patrimonio-familia.html
[17] Durante sua pré-campanha para a Presidência em 2018, suspeita-se que o candidato tenha utilizado a sua cota parlamentar para custear suas viagens de campanha eleitoral, finalidade proibida pela legislação da Cota Parlamentar: "não serão permitidos gastos de caráter eleitoral". Fonte: https://www1.folha.uol.com.bpode2017/04/1877932-presidenciavel-bolsonaro-usa-cota-parlamentar-em-pre-campanha.shtml
[18] Em janeiro de 2018, foi revelado que o deputado Jair Bolsonaro empregava, desde 2003, uma funcionária "fantasma" com salário mensal de R$1.416, mais auxílios, identificada como Walderice Santos da Conceição, quem trabalhava como vendedora de açaí próximo de uma das residências do deputado. Fonte: https://www1.folha.uol.com.bpode2018/01/1949719-bolsonaro-emprega-servidora-fantasma-que-vende-acai-em-angra.shtml
[19] Desde 1995, o deputado Jair Bolsonaro recebe um auxílio moradia de cerca de R$3 mil, apesar de ter um apartamento em Brasília desde 1998, e ter comprado outras residências desde então. Confrontado, alegou ter usado o benefício para "comer gente" quando era solteiro. Fonte: https://oglobo.globo.com/brasil/mesmo-com-apartamento-bolsonaro-recebe-auxilio-moradia-da-camara-22265129
[20] http://meucongressonacional.com/lavajato/partidos/PSL
[21] Em março de 2018, o Movimento Transparência Partidária divulgou um relatório sobre a transparência dos partidos brasileiros, onde os partidos PSL e PCO obtiveram nota 0 de acordo com os seus critérios. Fonte: https://exame.abril.com.bbrasil/psl-novo-partido-de-bolsonaro-e-o-menos-transparente-do-brasil/
[22] Em outubro de 2018, o candidato ao Senado do partido PSL, Major Olímpio, declarou que "os políticos da legenda não têm 'identidade de direita' e gostam de 'mamar nas nomeações' (...) do "diabo" que estiver no poder, (...) [é] um partido de 'conveniência', uma sigla sem ideologia". Fonte: https://oglobo.globo.com/brasil/psl-um-partido-de-conveniencia-que-gosta-de-mamar-nas-nomeacoes-diz-aliado-de-bolsonaro-22960809
[23] Entre 1991 e 2018, o deputado Jair Bolsonaro apresentou 171 projetos de lei, de lei complementar, de decreto de legislativo e propostas de emenda à Constituição, e apenas 2 foram aprovados: o primeiro, de 1996, estendia o prazo para isenção do Imposto sobre Produto Industrializado (IPI) para bens de informática, e o segundo, de 2016, autorizava o uso da fosfoetanolamina sintética, chamada “pílula do câncer”, cuja pesquisa foi suspensa por não ter eficácia comprovada em testes. Fonte: https://politica.estadao.com.bnoticias/geral,bolsonaro-aprova-dois-projetos-em-26-anos-de-congresso,70001900653
Edit: correção do valor recebido pelo PSL de empresas citadas na Lava Jato
submitted by ViaLogica to brasil [link] [comments]


2017.12.15 15:42 jecagado [Leitura Obrigatória] Resolvi fazer um textão.

Hoje em dia me sinto incapaz.
Não é zoera nem nada do tipo, é que ... Eu lembro que aos meus 8/9 anos de idade, eu já sabia fazer muita coisa em que as pessoas diziam que eu não era capaz.
Jurista americano defende que o regime nazista impediu que os cidadãos se armassem, e que essa medida facilitou a perseguição aos judeus
E apoia sua posição em uma pesquisa que comprova: o governo alemão de Adolf Hitler temia ações populares e fez de tudo para desarmar potenciais adversários do regime, ou pessoas que o Terceiro Reich pretendia perseguir. Ele é um dos mais importantes defensores, nos Estados Unidos, da Associação Nacional de Rifles (NRA, na sigla em inglês), e já advogou, dentro do Congresso americano, a favor do argumento de que a posse de armas é um direito de todo cidadão – afirma isso com base na Segunda Emenda da Constituição do país, que diz: “Sendo necessária à segurança de um Estado livre a existência de uma milícia bem organizada, o direito do povo de possuir e usar armas não poderá ser infringido”.
Sempre tive um bom conhecimento em informática pra minha idade, aos 13 anos eu já conseguia fazer muita coisa com o PC, que muito marmanjo nem sonhava. Eu parecia aprender com muito mais facilidade na infância, hoje as coisas se tornaram um pouco mais difícil. Essa semana eu fui em uma convenção dessas 'nerds' que acontecem por ai, e vi muitas crianças agindo feito adultas. Vi alguns casais homo afetivos, onde a mulecada não aparentava ter mais do que 14 anos (absolutamente nada contra). O que eu quero dizer é que, a falta de contato com o mundo (isso na época onde eu vivi a minha infância/adolescência), me fez acreditar que eu era incapaz de fazer o que eu queria, mesmo eu sendo completamente capaz, entendem ? (e não eu não estou falando de dar o brioco UAHUAH) Lembro que queria fazer um curso de Técnico em informática aos 12/13 anos de idade, ouvi: "Não, você é muito novo pra essas coisas!" Aos 15 quis entrar pra uma academia; "Não seu corpo ainda não está formado ainda!" Aos 16 obtive meu emprego, fiquei MUITO FELIZ, 6 meses depois: "Não, você não precisa trabalhar agora, vai estudar!" (fui obrigado a largar o emprego por escolha dos meus pais) Hoje eu estava avulso no Youtube, e vi um video de uma garota "rebelde" por nome de Danielle Bregoli, conhecida como Bhad Bhabie, uma "trapper" americana de 14 anos, que viralizou ano passado no Youtube, chamando não só a platéia, como a mãe pra briga no meio de um palco de um programa televisivo (desses tipo a "Super Nanni") Após viralizar, ela ganhou muitos seguidores no Instagram, e aproveitando a "fama" repentina, ela resolveu lançar algumas musicas no youtube, e alguns de seus videos (desse ano) chegaram a marca de 52 milhões de vizualizações. Tudo isso com 14 anos de idade. Isso me fez pensar que, o contato com o mundo através da internet, faz a criança /adolescente crer que ele é mesmo capaz de fazer certas coisas as quais os adultos ao seu redor, estão a todo momento os limitando. Toda aquela proteção criada em torno das pessoas com seus respectivos filhos, são mesmo necessárias ? Por que não apresentar o mundo logo para as crianças, ao invés de criar toda uma blindagem a cerca da criança ? Digo ... Eu tenho 23 anos de idade, e eu juro pra vocês que eu estou tendo contato com as pessoas /mundo nessa época da minha vida, eu to começando a entender o que é a vida. As vezes eu me sinto como um adolescente de 15 anos idade de hoje em dia.
Mas a obra também descreve e analisa a legislação alemã, desde o fim da Primeira Guerra Mundial até o auge do Terceiro Reich, que aprovou uma lei de 1938 formalizando a caça a qualquer cidadão que ainda tivesse armas. Nos idos de dezembro de 1922, eu havia conseguido estocar, fora de Munique, quinze metralhadoras Maxim, mais de duzentas granadas de mão, 175 rifles em perfeito estado e milhares de cartuchos de munição”. “No entanto, quantas histórias individuais poderiam ter sido escritas de outro modo?” Afinal, ele afirma em eu livro, “os próprios nazistas viam os judeus armados como suficientemente perigosos para minar sua estratégia de desarmá-los.” Leia a entrevista com o jurista Stephen Halbrook É possível comparar a política de controle de armas do Terceiro Reich com as regras adotadas nos países democráticos do século 21? Manter registros é uma política similar à realizada na Alemanha nos anos 1920, e os nazistas se aproveitaram dessas listas em 1933, quando chegaram ao poder. Nos séculos 19 e 20, o país manteve uma milícia armada, e todos os seus membros – cidadãos civis livres – precisavam manter armas em casa e estar prontos para se mobilizar com agilidade.
Bom, tudo começou quando conheci uma menina no tinder e de imediato rolou uma reciprocidade no aplicativo. Resolvemos passar a conversa no wpp, se conhecer melhor e até marcar um encontro. Ficamos mais ou menos 1 mês conversando sem parar, até surgir o primeiro desintendimento e logo no dia que ela estava mais sensível. Pedi desculpas pelo que eu fiz, ela me perdoou e fomos voltando ao normal aos poucos, quando me dei conta aquela paixão de antes no tinder virou uma amizade. E ficamos assim mais ou menos uns 3 meses, saímos algumas vezes, mas era só uma amizade. O tempo foi passando e percebia que cada vez mais os nossos pensamentos e ideais se combinavam. Nisso comecei a sentir uma atração forte por ela e um desejo de ficar com ela, de ter ela na minha vida. Fui até ela eu disse o que queria, que queria um relacionamento serio com ela. Porém ela disse que era para a gente ir com calma, sem apressar as coisas e ver no que ia dar. Então eu aceitei a resposta dela e ficamos juntos como ficantes, não era apenas uma amizade, mas também não era um namoro, pois havia sentimentos profundos envolvidos. Depois disso passei a frequentar a casa dela, os pais dela mostravam que gostavam de mim e isso me deixava feliz. Estava tudo lindo e maravilhoso, até eu saber ontem que os pais dela falaram muito no ouvido dela, dizendo que a gente não assumia logo, que eu não queria nada com ela, que por eu não ter faculdade não quero nada com a vida. Logo que ela terminou de falar comigo sobre isso, fiquei chateado e puto ao mesmo tempo.
Se você é pai, cara, aproveita o potencial do teu filho. Para de tentar criar uma blindagem de mundo perfeito pro seu filho, porque o mundo não é perfeito. Essas crianças que apoiam o Bolsonaro por ai, não passam de um bando de frustrado ... É mais do que claro que essa molecada vive sob um estado de blindagem criado pelos próprios pais em seus condomínios fechados (eu tenho certeza disso). Ahh ... não sei nem mais o que escrever ... Perdão pelos erros 'hortográficos', to sem paciência até pra redigir um texto bem elaborado.
Então ela fala para mim que devido a isso ela quer dá um tempo, porque está cansada de ouvir os pais falando no ouvido dela. Eu entendi a situação dela, mas e a minha? Será que ninguém liga para os meus sentimentos? Eu sinceramente não sei o que fazer com essa situação toda. Eu quero ficar com ela, mas parece que está ficando complicado. Adoraria ouvir os seus conselhos em relação a este meu caso. Obrigado a todos que leram!
TL;DR : Eu sinto que as crianças são muito subestimadas, até mais do que deveriam, então resolvi fazer um textão.
*Edit: Ajeitei os parágrafos
submitted by jecagado to circojeca [link] [comments]


2017.07.12 12:59 AntonioMachado [2003] American Sociological Association - The Importance of Collecting Data and Doing Social Scientific Research on Race

Texto aqui. Principais pontos:
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
submitted by AntonioMachado to investigate_this [link] [comments]


1 mês de namoro - Lais e Ariane 11 - Livro Leis de Amor - Divórcio, Suicídio e Aborto 01 Lei da Atração para um Relacionamento Perfeito MEUS 15 ANOS +PEDIDO DE NAMORO A Lei do Amor - YouTube

As leis de namoro de Murphy Realitat i Mites

  1. 1 mês de namoro - Lais e Ariane
  2. 11 - Livro Leis de Amor - Divórcio, Suicídio e Aborto 01
  3. Lei da Atração para um Relacionamento Perfeito
  4. MEUS 15 ANOS +PEDIDO DE NAMORO
  5. A Lei do Amor - YouTube
  6. PIORES PEDIDOS DE CASAMENTO DA HISTÓRIA - YouTube

Pedido De Namoro - De Meninas Para Meninas - Duration: 3:52. Livia Maria 408,009 views. 3:52. 1 mês VS 4 anos de namoro - Kathy Castricini - Duration: 6:41. O pedido de namoro mais romântico no Shopping (Village Mall) - Duration: 10:33. Bernard Films 336,144 views. 10:33. Festa de 15 anos da Bela Fernandes - Duration: 11:11. Tema: Livro Leis de Amor - Divórcio, Suicídio e Aborto 01 - Compreendendo que muitos casamentos resultam em uniões infelizes e, às vezes, até mesmas profundamente antipáticas, induzindo os ... Playlist destinada a vídeo da novela da Globo: A Lei do Amor. Aqui você encontrará novidades, curiosidades, resumos e muito mais sobre a novela! Pedidos de casamento são uma das tradições mais simples da humanidade, então claro que sempre vai ter alguém querendo fazê-los de forma mais criativa. Neste ... Exercício de Reprogramação da Mente para um relacionamento perfeito Este vídeo é um exercício de reprogramação do seu subconsciente, ele vai ajudar a sua men...